Partidos discutem saúde pública em seminário

0 0

Cerca de 200 pessoas estiveram na Câmara Municipal de Jacareí, na noite de quinta-feira (12) para debater a saúde pública do município. O seminário foi organizado pelos partidos: PSDB, PSC, DEM, PSDC, PSD e PCdoB e teve como principal objetivo traçar parâmetros para a construção de um plano de governo focado nas reais necessidades e almejos da população.

O assunto foi debatido pelos médicos Rodrigo Salomom – obstetra da rede pública de saúde e dos hospitais São Francisco de Assis e Policlin e por Antônio Escada, sanitarista e ex-secretário municipal de Saúde de São José dos Campos e, ainda, pelo pré-candidato a prefeito de Jacareí pelo PSDB, Izaias Santana, pelo deputado Hélio Nishimoto (PSDB) e pelo presidente do PSC, o empresário Fernando Ramos.

O médico Antônio Escada contou ao público presente a história e os propósitos do SUS – Sistema Único de Saúde e ‘convocou’ a população a interagir com os governos por meio do Conselho Municipal de Saúde (COMUS). “É preciso que a comunidade se mobilize, participe dos conselhos para montar programas voltados para o bem estar”, declarou.

Como profissional da rede pública municipal, Rodrigo Salomom falou sobre os problemas enfrentados na Santa Casa de Jacareí e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), além da baixa remuneração dos profissionais – o que tem provocado a defasagem do quadro de funcionários. “Em três anos, o número de profissionais na rede pública de saúde diminui 30%, pois a remuneração deixou de ser interessante. Estamos perdendo profissionais altamente qualificados para outras cidades”, destacou.

Segundo ele, a falta de profissionais acarreta na morosidade do atendimento. Para uma ultrasonografia, por exemplo, é preciso esperar por cerca de oito meses. Já uma mamografia – considerada um procedimento simples – a espera é de, aproximadamente, quatro meses.

Após as explanações dos médicos, o seminário foi aberto para perguntas. A necessidade de um hospital municipal e a contratação de novos profissionais com salários dignos foram os assuntos mais questionados durante todo o evento.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.