Câmara de Jacareí aprova homenagem aos servidores municipais aposentados

0 0

Durante a sessão desta terça-feira (29), os vereadores da Câmara Municipal de Jacareí aprovaram por unanimidade, o projeto de decreto legislativo de autoria do vereador Edinho Guedes (PMDB) que institui a Láurea de Honra ao Mérito “Prefeito Dr. Thelmo de Almeida Cruz”.

A premiação será entregue anualmente, em sessão solene no mês de outubro, no qual se comemora o Dia do Funcionário Público, para os servidores municipais que se aposentarem por idade, aos 70 anos para homens e 65 para mulheres.

“A homenagem é um reconhecimento à dedicação e empenho dos servidores no nosso município, pois todo servidor que executa bem o seu oficio, está atendendo direta ou indiretamente cada um dos cidadãos jacareienses”, diz a justificativa do projeto.

O vereador José Antero (PMDB) é autor de três projetos de denominação aprovados por aclamação. EMEI (Escola Municipal de Ensino Infantil) Antonio Joaquim Mesquita, no Parque Meia Lua, Rua Maria Doroteia Borges Brisson, atual Rua Três no Parque Califórnia e Campo de Futebol Guido Brisson, localizado na Avenida Carlos Drumond de Andrade, no Jardim Santa Maria.

Antonio Joaquim Mesquita nasceu em Portugal na década de 20 e veio para o Brasil exercendo a profissão de carpinteiro. Em 1961 mudou-se para Jacareí, residente do Parque Meia Lua, bairro onde morou por 39 anos e construiu seu círculo de amizades, sempre ajudando os necessitados.

Com sua Kombi transportava doentes para o hospital. Era um cidadão atuante, que tinha grande paixão por futebol e sempre assistia todas as partidas do time do Parque Meia Lua com seus filhos e amigos”, relatou José Antero na justificativa da propositura.

Maria Doroteia Borges Brisson ainda na infância mudou-se para Jacareí, residindo no bairro Bom Jesus e na Fazenda Harmonia. Mesmo com problemas de saúde, Maria Doroteia sempre se preocupou com o próximo. Trabalhou na paróquia como Ministra Extraordinária da Comunhão, ajudou nas capelas e não deixava ninguém sem uma palavra de conforto. E por tanta dedicação, carinho, atenção e por ser muito querida, era conhecida como a “mãezinha da comunidade”.

“A história de Maria Doroteia, com a sua simplicidade, fé, lutas, sofrimentos, trabalho e um amor inegável ao seu esposo – o grande companheiro de todas as horas -, filhos, netos, amigos e comunidade, é um exemplo de vida, de doação”, destacou José Antero.

Guido Brisson foi marido da Maria Doroteia. Juntos eles tiveram dez filhos, oito biológicos e dois adotivos, criados com muito amor e carinho.

Veto – A Câmara decidiu manter por unanimidade os vetos do prefeito municipal Hamilton Ribeiro Mota referentes aos autógrafos das leis sobre a organização do concurso de Poesia Henrique de Macedo, de autoria do 2º secretário, vereador Dario Burro (DEM) e sobre o aumento real aos subsídios dos secretários do Executivo, de autoria do presidente da Câmara, vereador Itamar Alves (PDT) e do 1º secretário Prof. Marino (PT), em nome da Mesa Diretora da Câmara Municipal.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.