Atletas paralímpicas de Jacareí se destacam no cenário nacional

0 0

Duas atletas paralímpicas de Jacareí estão se destacando no cenário nacional, nas modalidades de natação e vôlei: a nadadora Miriam Amaro de Oliveira Bittencourt, 46 anos, obteve índice para participar da Paraolimpíada da Caixa Nacional, que será neste sábado (8), e Laira Cristina da Silva Guimarães, 17 anos, foi recentemente convocada para a seleção brasileira paralímpica de vôlei adaptado/sentado.

Miriam embarca neste sábado para São Paulo, onde disputará, na sede do Sport Club Corinthians Paulista, a primeira etapa da Paraolimpíada da Caixa Nacional. Ela vai disputar a prova dos 100 metros nado de costas, na qual já tem registrado o terceiro melhor tempo do Brasil: 2′ 06”. Ela disse estar bastante ansiosa, mas promete não deixar o nervosismo atrapalhar seu desempenho: “tenho que manter ou baixar meu tempo se quiser trazer uma medalha, pois há uma outra paraatleta da minha categoria que faz os 100 metros costas em apenas dois segundos a mais que eu”.

Miriam sofreu um acidente vascular cerebral em março de 2010, o que comprometeu seu sistema motor e prejudicou sua mobilidade. Depois disso ficou bastante deprimida e desanimada, até saber do Projeto Paralímpico. “Fiquei interessada, achei que o esporte poderia ser um caminho para eu seguir e comecei a praticar natação, aconselhada pelo meu fisioterapeuta Roberto Carlos da Silva, a quem sou eternamente grata pela dica”, disse.
“No início foi difícil, tinha medo de água, chorava, mas sempre fui apoiada pelos colegas, pela família e pelo professor Marcos Martins, que sempre foi muito dedicado e paciente comigo”, afirmou Miriam.

Após três meses praticando natação, Miriam já participou dos Jogos Regionais de Pindamonhangaba e trouxe uma medalha de prata e duas de bronze. A partir disso ela conta que pegou gosto pelo esporte e pelas competições e não parou mais. “Desde que comecei a nadar emagreci 16 quilos, deixei de usar muleta e os aparelhos de mão e braço que usava antes”, contou.

Layra Cristina da Silva Guimarães foi convocada para a seleção brasileira de vôlei sentado dia 28 de maio. Ela viaja no próximo dia 15 para Guarulhos, onde a seleção irá se concentrar para uma semana de treinamento, visando as competições do segundo semestre e, a longo prazo, as Paraolimpíadas de 2016. “Essa convocação foi para mim a realização de um sonho”, disse Layra, que pratica vôlei paralímpico há mais de dez anos.
Portadora de má formação congênita, Layra começou a praticar em 2007, ano em que se iniciou também o Projeto Paralímpico em Jacareí.

Atualmente ela treina vôlei sentado no EducaMais São João e também faz natação paralímpica no EducaMais Centro. A atleta faz questão de fazer um agradecimento público ao seu professor-treinador Robson de Assis. “Ele é um profissional exemplar, que tem amor ao seu trabalho, e isso faz toda a diferença”, concluiu.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.