Metalúrgicos da Latecoere entram em greve por PLR e preparam passeata contra fechamento da fábrica

0 0

Os metalúrgicos da Latecoere, em Jacareí, entraram em greve por tempo indeterminado, nesta segunda-feira, dia 15, em protesto contra a proposta rebaixada de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) apresentada pela empresa. Os trabalhadores também pretendem realizar uma passeata amanhã, dia 16,  para exigir que o prefeito Hamilton Ribeiro Mota tome medidas que evitem o fechamento da fábrica na cidade.

As negociações referentes à  PLR já estão em andamento, mas até agora a empresa só propôs R$ 1.900 para os trabalhadores. A categoria reivindica R$ 4.500, já que a cadência de produção deve subir a partir de agosto. A Latecoere é fornecedora da Embraer e possui 350 funcionários.

Risco de fechamento

Além da PLR rebaixada, os trabalhadores também lutam para que a empresa continue com suas atividades em Jacareí. No mês passado, a Embraer fez o lançamento da segunda geração dos jatos comerciais E-Jets, mas deixou a Latecoere de fora dos projetos. Fábricas com unidades fora do Brasil irão substituir a Latecoere, Sobraer e C & D, todas com plantas na região. Sem a renovação de contratos com a Embraer, a Latecoere deverá fechar as portas a partir de 2016.

A passeata de amanhã vai sair da Latecoere, às 6h, e segue para o Centro de Jacareí, pela Avenida Getúlio Vargas.

“A Embraer recebe milhões em benefícios e financiamentos por parte do governo federal, mas não oferece qualquer garantia de emprego para os trabalhadores brasileiros. Por isso, queremos que o prefeito Hamilton Mota pressione o governo Dilma a interferir em favor dos trabalhadores das empresas parceiras da Embraer”, afirma o diretor do Sindicato Edmir da Silva.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.