Adolescente de Jacareí é campeão mundial de capoeira

0 0

Com apenas 13 anos, o capoeirista  Pedro Henrique da Silva Rosa é campeão mundial na categoria “Fera”. O título foi conquistado na última semana em Belo Horizonte, em uma disputa que reuniu 80 atletas de vários países. Pedro representou o Projeto Semeadores da Paz, coordenado pela Guarda Civil de Jacareí, e venceu um mexicano de 23 anos. “Nesta disputa são avaliadas as técnicas desenvolvida pelos atletas, e não a força física, por isso é normal competições entre idades diferentes”, explicou o professor Marcos Pereira, conhecido como Gavial — responsável pelos treinamentos de capoeira nas quadras da Viva Zezé e Vila Formosa.

Pedro Henrique acredita que o resultado que obteve no mundia deve-se à sua dedicação: “tem que focar e lutar para conseguir, esse troféu tem sabor especial”. A mãe do campeão, Cintia Monique da Silva, conta que quando o filho quis treinar capoeira ela não queria. “Achei que não ia longe, mas ele se empenhou tanto, começou a se destacar nos campeonatos e ganhar troféus, e hoje chegou ao título de campeão mundial, eu nem esperava por isso”, disse Cintia, orgulhosa. Ela ainda elogiou o bom desempenho do filho na escola: “mas a fama maior é pela capoeira”.
Quem também está muito orgulhosa pelo título conquistado é a avó Rosa Amélia Mota da Silva, que faz questão de acompanhar os treinamentos. “Faço o que posso para incentivá-lo ainda mais”, disse Rosa, que apoia o neto e entende que as aulas de capoeira oferecidas gratuitamente no bairro ajudam na formação dos adolescentes. “Eles não ficam na rua e aprendem o que é bom”, conclui.

Para o professor Gavial, a vitória de Pedro Henrique tem que ser comemorada: “fico muito contente em saber que a capoeira está levando nossos adolescentes a conquistas como esta, é uma recompensa do trabalho. E o mais importante é que alunos como Pedro Henrique são campeões na capoeira e na vida”.

Semeadores da Paz – O projeto é um trabalho preventivo da Secretaria de Segurança e Defesa do Cidadão, coordenado pela Guarda Civil, que estimula crianças e adolescentes a praticar esportes, aprender música e orientar sobre os riscos das drogas.
O projeto é voltado a crianças e adolescentes até 14 anos. As atividades, gratuitas, são realizadas nas quadras da Vila Zezé e Vila Formosa, e oferecem oficinas de capoeira, taekwondo e vôlei, nos períodos da manhã e tarde. As inscrições podem ser feitas nas quadras.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.