Comissão colhe depoimento de ex-funcionários da Santa Casa sobre desaparecimento de exames

0 0

cei 2A Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara que apura o desaparecimento de exames de pacientes na Santa Casa de Misericórdia colheu o depoimento de cinco dos oito ex-funcionários da instituição, demitidos ou que pediram demissão após o extravio de mais de 18 mil exames do hospital.

A convocação aconteceu na quinta (28) e sexta-feira (29) no Auditório da Câmara, e os ex-funcionários foram divididos em dois grupos, convocados em dias diferentes.

Dos oito depoentes citados, três não compareceram para prestar depoimentos. Os demais foram ouvidos e responderam aos questionamentos feitos pela comissão a respeito da rotina de trabalho, assim como os procedimentos adotados após a notificação das perdas dos exames.

Os nomes e conteúdo dos depoimentos estão sendo preservados para garantir o bom andamento das investigações.

A partir desta semana, os parlamentares pretendem compilar os dados apresentados desde a abertura do processo de apuração, iniciado em março deste ano, e formatar o cronograma das próximas convocações. A comissão tem até o mês de setembro para concluir os trabalhos e apresentar parecer sobre o caso.

De acordo com a presidente da CEI, vereadora Ana Lino (PMDB), o objetivo é utilizar a os próximos dias para avaliar e confrontar as informações apresentadas até o momento para definir os próximos passos do trabalho.

A partir desta semana, a comissão vai trabalhar para agrupar tudo o que foi apurado até agora. Acredito que logo na segunda semana de junho a CEI já tenha um parâmetro para mensurar o andamento do processo de investigação e definir as convocações futuras”, afirma Ana Lino.

Esta foi a quarta convocação feita pela comissão da Câmara desde a abertura das investigações no Legislativo Municipal, iniciadas em março deste ano. Além dos sete ex-funcionários citados, já foram ouvidos até o momento o secretário de Saúde de Jacareí, Antonio de Paula Soares, a superintendente do Próvisão – entidade que administra a Santa Casa – Meire Cristina Ghilarducci, e o administrador do hospital Anderson Teodoro da Silva, todos ouvidos com o objetivo de esclarecer o desaparecimento dos exames, ato considerado pelo secretário como ‘sabotagem’ contra a maior unidade de saúde pública do município.

HISTÓRICO – A abertura da Comissão Especial de Inquérito (CEI) aconteceu no plenário da Câmara durante sessão ordinária realizada no dia 04 de março deste ano. Na ocasião, os vereadores que compõem a base do governo na Casa apresentaram um requerimento à Mesa Diretora, que aprovou, juntamente com os demais parlamentares, a instalação de processo de investigação legislativa.

A decisão tomou como base uma declaração do secretário de Saúde de Jacareí, Antônio de Paula Soares, a uma rádio da cidade. Na entrevista, o gestor da pasta afirmou que exames de pacientes da Santa Casa teriam desaparecido e que um Boletim de Ocorrência teria sido confeccionado pela administração municipal para que o fato pudesse ser apurado.

Ainda na sessão, ficou definida a composição da CEI, formada pela vereadora Ana Lino (PMDB), José Francisco (PT) e Valmir do Parque Meia Lua (PSD), respectivamente presidente, relator e membro.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *