Exposição marca 160 anos de construção do Solar ‘Gomes Leitão’

0 0

O famoso e um dos mais tradicionais prédios históricos de Jacareí – o ‘Solar Gomes Leitão’ está fazendo aniversário e para comemorar a data, a Fundação Cultural de Jacarehy ‘José Maria de Abreu’ preparou uma exposição para contar a história que vem desde o Império.
O Solar abriga o Museu de Antropologia do Vale do Paraíba e estará aberto à visitação nos dias 24, 25 e 26 de novembro, das 10h às 17h.
A exposição narrará a história desde o período em que o Solar pertenceu a Família Leitão (1857-1895), quando foi vendido ao Estado para sediar o Grupo Escolar Coronel Carlos Porto (1895-1980) e, por fim, quando o Solar ganhou status de patrimônio e passou a ser o Museu de Antropologia do Vale do Paraíba.

História- Inicialmente, o Solar foi construído para ser a “casa de festas” de Gomes Leitão, um alferes português que mudou-se para o Brasil e se tornou negociante, escravocrata, cafeicultor e montou uma casa bancária. Adquiriu grande influência através de suas propriedades e da prática de banqueiro que exercia emprestando dinheiro mediante hipoteca de terras, escravos e animais.
Com o falecimento do pai em 1879, Josephina Eugenia Leitão Guimarães vendeu o Solar por 30 mil contos de réis para a Fazenda do Estado de São Paulo, onde veio a se tornar a primeira escola estadual de Jacareí e uma das primeiras do Vale do Paraíba, o “Grupão”, hoje conhecida como Escola Estadual Coronel Carlos Porto. Na época, era a única escola a aceitar meninos e meninas, ainda que em espaço segregado, tendo duas diretorias.
No final da década de 1970, um grupo de historiadores do município lutou pela preservação do prédio e a construção do Museu de Antropologia do Vale do Paraíba, que passou para o município em 1980.
O Museu, hoje, tem um grande acervo de quadros com valores históricos, pratarias e as “Paulistinhas”.
Ao todo, são 43 quadros e 8 deles necessitaram de uma restauração para que não perdessem as características iniciais. As Paulistinhas são santos feitos de barro branco, material encontrado apenas na região do Vale do Paraíba, por isso recebe este nome.
Serviço:
Exposição: 160 anos do Solar Gomes Leitão
Data: 24,25 e 26 de novembro
Horário: Das 10h às 17h
Local: Museu de Antropologia do Vale do Paraíba
Endereço: Rua XV de Novembro, 143, Centro

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.