Metalúrgicos da região protestam contra reforma da Previdência

0 0

O Dia Nacional de Luta em Defesa da Aposentadoria, nesta sexta-feira (22), começou com atrasos de cerca de uma hora na produção em oito fábricas metalúrgicas de São José dos Campos, Jacareí e Caçapava. Em todas elas, a reforma da Previdência do governo Bolsonaro foi objeto de protesto.

Em São José dos Campos, participaram das mobilizações os metalúrgicos da General Motors, Heatcraft, Prolind, Panasonic e Eaton. Em Jacareí, houve assembleias na Latecoere e Armco. Em Caçapava, a mobilização foi na MWL. Estas fábricas somam cerca de 7 mil trabalhadores.

Houve também atrasos em fábricas de outros setores, como a Basf (indústria química) e Heinneken (alimentação), ambas em Jacareí.

As mobilizações deste dia 22 estão sendo convocadas pelas centrais sindicais CUT, Força Sindical, CSP-Conlutas, CGTB, CSB, Intersindical, UGT e NCST e devem acontecer em todo país.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *