Conselho delibera que não há interesse de tombamento do prédio da antiga Oca

0 0

Membros do Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural (CODEPAC) de Jacareí estiveram reunidos na manhã da última quinta-feira (16), no prédio da presidência da Fundação Cultural (Pátio dos Trilhos) para discutir o tombamento do prédio da Citytex, que também abrigou as instalações da fábrica de móveis Oca.

O conselho analisou o ofício enviado pela Procuradoria do Município de Jacareí, datado de 29 de abril de 2019, encaminhando documentos para análise da viabilidade e conveniência no que diz respeito ao tombamento do prédio da Citytex.

Após análise da documentação encaminhada e revisão de todas as atas das reuniões realizadas desde 2002, o CODEPAC verificou que nunca foi sugerido o tombamento do referido prédio localizado na avenida Getúlio Vargas.

Desta forma, os conselheiros deliberaram, de forma unânime, que o prédio não possui características suficientes para o seu tombamento, não existindo qualquer interesse neste sentido.

O CODEPAC recebeu, também, o ofício da Secretaria de Planejamento de Jacareí, datado de 6 de maio de 2019, encaminhando o relatório técnico realizado pela Diretoria de Projeto e Urbanismo sobre o galpão industrial que foi utilizado pela fábrica de móveis Oca.

Constou do referido ofício que o relatório foi analisado pela Secretaria de Planejamento, que concluiu pela ausência de valor arquitetônico do local, considerando as informações neles presentes e a relação de imóveis apresentados pelo conselho como passíveis de avaliação sobre valor material e imaterial, não identificando o referido prédio.

Integrantes- O Codepac é formado por membros da Sociedade Civil, representados por: OAB, Sindicato Rural, CREA e representante do comércio e, ainda, membros do Poder Público: Fundação Cultural, Secretaria de Educação, Secretaria de Infraestrutura, Secretaria de Planejamento e Câmara Municipal de Jacareí.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *