Seja cara de pau

0 0

Sabe aquela coisa de pedir uma selfie, um autógrafo de uma pessoa famosa que a gente admira? Morro de vergonha. Se o Leonardo di Caprio aparecesse na minha frente era capaz de eu ter um ataque de riso e deixa-lo falando sozinho.

Aí a Internet com as suas vantagens me ajudou essa semana a quebrar um bloqueio inesperado para alguém que ganha a vida falando em publico (sou professora): vi no Face um post de um escritor que eu adoro ( desculpa Leo) no qual ele dizia estar chateado com o pouco alcance do seu livro mais recente. Respirei fundo, deixei a vergonha de lado e o respondi da forma mais carinhosa que pude, enviando o link da resenha que eu escrevi sobre o livro.

Ele me respondeu e nas suas palavras percebi o sentimento de quem leu o que estava precisando naquele momento e eu me senti mais que uma fã, uma pessoa que de um jeito sincero ajudou a deixar o dia de alguém que estava se sentindo desestimulado e inseguro um pouco melhor.

A gente vive com pressa e geralmente não percebe que por trás de um bom dia meio torto ou uma resposta sem a delicadeza que esperamos existe a falta de ouvir uma gentileza, de lembrar que somos todos especiais de algum jeitinho. E às vezes fazer isso é mais fácil do que pensamos.

Não estou dizendo para você sair por aí distribuindo sorrisos falsos mas pensa comigo, você adora receber um elogio, não? Então imagina a sua colega de trabalho que anda meio tristinha, a moça do restaurante onde você almoça todo dia, o amigo que perdeu o emprego. Por que não lembra-los de que eles podem ter uma vida legal ou simplesmente dizer um boa tarde com gosto de sol?

As palavras têm poder.

Claro que precisamos ter cuidado com limites, que são necessários e não fazem mal a ninguém mas pequenas ações que digam “me importo com você” são alegria para quem as faz e recebe. Quer troca mais gostosa?

Tudo é uma questão de balancear.

Não tenha vergonha de ser uma pessoa que dá um pause na nossa vida corrida para um segundo que seja de carinho com o próximo. Se com alguém que está lá longe como aquele meu escritor querido a minha cara de pau de dizer o quanto seu trabalho importa fez bem a ele e a mim imagina com quem você vê todo dia.

Se joga!

Demonstre sua admiração quando tiver vontade, elogie com sinceridade, sem medo de ser uma pessoa de verdade.

Vai te fazer melhor do que você imagina e pode mudar o dia de alguém.

A gente nunca sabe quem está precisando.

DeboraSConsiglio

 

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *