Fundação Cultural lança edital para apresentações gravadas

A Fundação Cultural de Jacarehy “José Maria de Abreu”, juntamente com os representantes da classe artística da cidade via Conselho Municipal de Políticas Culturais, lançou nesta sexta-feira (22), um edital inédito de premiação e o primeiro do Fundo Municipal de Cultura, voltado para artistas que desejem registrar suas obras de modo audiovisual. O Edital tem o nome “CAS@ – Conexões, Artes e Saberes”. A ideia, segundo a autarquia, é de que o conteúdo em vídeo seja disponibilizado em um canal oficial da Fundação.

A premiação está aberta para conteúdos artísticos culturais de difusão nas mais diversas linguagens artísticas, expressões e manifestações culturais. A participação no presente chamamento está aberta para diversos formatos artísticos de difusão tais como shows, esquetes e apresentações de teatro, apresentações de dança, números circenses, mostra de portfólio e exposições de artes visuais, declamação de poesia, dentre outras. Não serão aceitas propostas de formação tais como: aulas, workshops, aula show, palestras e similares.

Para isso será disponibilizada uma verba total de R$60 mil reais via Fundo Municipal de Cultura para bonificar os selecionados em valores de R$800 por artista em quatro categorias: um artista participante $800,00; dois artistas participantes $1600,00; três artistas participantes $2.400,00; quatro ou mais artistas participantes $3.200,00 – sendo uma primeira parcela paga após a publicação do resultado final, e outra parcela ao realizar a apresentação cultural. Serão contemplados no mínimo 75 artistas ao todo.

Para participar, o artista deverá se inscrever na Plataforma de Inscrições divulgada no www.fundacaocultural.com.br Acesse ou, para atendimento individual, com agendamento prévio evitando-se aglomerações pelos seguintes telefones: 12 3951-0710, 3951-9497, 3953-3452, 3953-7497 (de segunda à sexta-feira das 10h00 às 12h00 e das 14h00 às 16h00), dúvidas podem ser enviadas para o email diretoriadecultura@culturajacarei.sp.gov.br.

O intuito, segundo a fundação, é de o processo que seja o menos burocrático possível. Por isso, para participar, o proponente precisará de documentações básicas como cópia simples de identidade oficial com número de RG e foto, cópia simples do CPF, comprovante de que reside há no mínimo dois anos em Jacareí, comprovante bancário em nome do artista responsável, e ser maior de 18 anos – além da proposta artística a ser apresentada. Em seguida, uma comissão de seleção irá avaliar o material e dar a devolutiva.

O registro das atividades artísticas serão feitos em espaços como a Sala Ariano Suassuna do Educamais Jacareí, e a Sala Mário Lago do Pátio dos Trilhos, respeitando-se normas de distanciamento social, higienização pessoal, sanitização dos ambientes, comunicação e monitoramento rigorosamente respeitados.

Para o presidente da autarquia, Bruno Castro, essa é uma chance de criar um acervo artístico da cidade. “Este edital funcionará como um acervo cultural para a história da cidade, uma vez que teremos apresentações de qualidade com registros profissionais”, pontuou.

Vale lembrar que o regulamento aceitará uma única inscrição por CPF e cada artista poderá participar como integrante em apenas uma proposta.

 

1 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *