Câmara vota projeto que obriga intérprete de Libras em unidades de saúde de Jacareí

A Câmara Municipal de Jacareí vota na quarta-feira (1º) projeto de lei do vereador Paulinho dos Condutores (PL), que obriga a disponibilização de intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras) em Unidades Básica de Saúde (UBS), Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e hospitais públicos e privados de Jacareí.

Nos casos específicos de consultas, internações, procedimentos e atendimentos de urgência e emergência, o paciente tem direito de não aceitar o serviço de intérprete, em resguardo ao sigilo.

Segundo o autor, a inclusão e o respeito à dignidade da pessoa com deficiência auditiva passam, pois, pela adequada comunicação. A Libras – Língua Brasileira de Sinais –, é reconhecida como meio legal de comunicação e expressão desde a entrada em vigor da Lei n° 10.436, de 24 de abril de 2002, e é mais que tempo de promover sua difusão entre os profissionais de saúde, para que possam atender adequadamente essa parcela da população.

“O presente projeto de lei é um primeiro passo nesse sentido. Unidade básica de saúde, unidades de pronto atendimento, hospitais públicos e privados sempre terão, estatisticamente, pelo menos um ou mais pacientes com deficiência auditiva severa”, disse Paulinho.

A proposta recebeu parecer favorável da Secretaria de Assuntos Jurídicos da Câmara, assim como das comissões permanentes de Constituição, Justiça e Segurança, Direitos Humanos e Cidadania e Saúde e Assistência Social.

Rua – A vereadora Lucimar Ponciano (MDB) também traz o seu projeto para votação, que denomina a atual Rua Particular por Rua Antônio Lopes da Costa, no Centro.

2 0
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *