Mulher é investigada por maus-tratos em Jacareí

4 2

Na tarde de ontem (18), por volta das 17h, a polícia registrou um boletim de ocorrência de possíveis maus-tratos animais, na rua Maria Amélia Gonçalves Cassal, no Jardim Paraíso.

Uma protetora dos animais foi acionada à respeito de maus-tratos de dois cachorros, sendo que um deles, segundo a denúncia, teria sido colocado vivo no interior de um saco.

Ao chegar na residência da autora, o cachorro filhote de cor preta já estava sem vida, o outro cachorro de cor bege, aparentava estar muito doente e foi levado de emergência para clínica veterinária.

Uma testemunha, que é vizinho da dona dos cães, afirmou que os cachorros eram maltratados, e que ele mesmo já os colocou em sua garagem diversas vezes para tirá-los da chuva. Ele chegou a ver o cachorro ainda vivo dentro do saco, foi quando informou a Proteção dos Animais.

A investigada, uma empregada doméstica de 49 anos, declarou que o cachorro de cor preta amanheceu passando mal, e foi até a casa de ração, onde teria sido orientada a dar carvão ao animal, caso fosse envenenamento.

Ela deu o recomendado ao cachorro e saiu para levar a filha ao médico, quando retornou, ele havia falecido.

A acusada negou qualquer ato de maus-tratos ou crueldades, e disse ainda que seu vizinho tentou prejudicá-la para que ela mudasse do local onde mora.

Outra testemunha, o proprietário da casa de ração, informou à polícia que a investigada costumeiramente compra em seu estabelecimento ração, remédios, e produtos para seus animais, e confirmou ter orientado sobre o carvão.

O veterinário atestou que o cachorro resgatado com vida, se encontra em estado de caquexia, e fará exames para evidenciar o real estado de saúde do animal.

A polícia aguarda o laudo conclusivo para constatar os maus-tratos em relação aos cachorros.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
24 %
Excited
Excited
5 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
71 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *