Após morte de Paulo Graça, clube de judô recebe ordem de desocupação

5 3

O Clube Rodoviário de Judô, fundado pelo mestre Paulo Graça, recebeu ordem de despejo para esta terça-feira (13).

Professores da academia entraram em contato com o NJ e afirmaram que a imobiliária Âncora comunicou que eles seriam despejados em 24 horas, caso não arrumassem um fiador capaz de arcar com as despesas do aluguel.

Segundo informações da Sensei Flávia, o mestre Paulo Graça honrava com as despesas da academia e pagava os aluguéis. Após sua morte, a proprietária do prédio do Clube Rodoviário de Judô teria intimado a desocupação do espaço.

A escola de judô possui atualmente 50 alunos, onde 10 colaboram financeiramente. Ainda de acordo com informações da sensei, a prefeitura de Jacareí teria oferecido um espaço provisório para que os alunos não ficassem sem o clube.

“Estamos na nossa casa, na sede do Clube Rodoviário de Judô há mais de 26 anos, locado pelo mestre Paulo Graça, ele faleceu dia 8 de abril, e no dia 9, a proprietária do prédio pediu para desocupar o espaço, pois não temos condições de arcar com as despesas do local. Queremos a nossa casa” disse a Sensei Flávia, responsável pelo clube.

O NJ entrou em contato com a imobiliária Âncora, responsável pela locação do prédio, para questionar a informação de que os membros do clube teriam apenas 24 horas para desocupar o local.
A responsável pela imobiliária desligou o telefone no momento em que foi identificado o assunto a ser tratado.

Happy
Happy
6 %
Sad
Sad
35 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
56 %
Surprise
Surprise
4 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *