Seu PC estragou? Aprenda como gastar menos e não ser enganado

0 0

Everton C. Silva*

Usuários que não entendem de hardware costumam ter calafrios quando ouvem a palavra “manutenção” do PC. A maioria dos mais leigos já foi enganada pelo menos uma vez por técnicos cheios de má fé e assistências técnicas aproveitadoras. Isso causou uma repulsa automática nas pessoas em relação aos profissionais do ramo. Porém, não se pode julgar todos por causa de uma minoria, pois existem pessoas e empresas realmente sérias, que prestam serviços de qualidade.

Neste artigo trago algumas dicas para você que quer ou precisa levar sua máquina para o conserto, mas não tem coragem, justamente pelos motivos mencionados acima. Seguindo nossas dicas, você ficará mais tranqüilo na hora de levar o PC para a assistência e dificultará a ação dos charlatões.

Sabemos que para alguns é muito chato, e às vezes até irritante, ficar olhando em notas fiscais ou utilizando programas para ver quais componentes estão instalados no PC. Afinal, muita gente não tem a menor idéia do que cada um faz, outros simplesmente não querem saber. Isso é um risco, pois não saber o que está dentro do seu gabinete dá margem para enganadores tirarem vantagem de você.
O ideal seria que as notas fiscais ficassem sempre à mão para consulta, mas elas nem sempre possuem todas as informações necessárias. Por isso, você pode lançar mão de softwares que analisam os componentes da máquina e informam o que você precisa saber. Existem vários programas disponíveis para essa tarefa. Um deles é o CPU-Z, uma ferramenta simples e rápida, que mostra as principais informações dos componentes básicos do computador. Outra opção muito boa é o Everest Ultimate Edition, bem completo.

Ferramentas de diagnóstico ajudam a identificar seu hardware

Anote as informações que o programa lhe der e guarde-as em um local seguro. Depois que a assistência devolver sua máquina, execute o CPU-Z novamente e confira se tudo está idêntico. Outros programas da categoria de diagnóstico de hardware podem dar informações mais detalhadas, caso você queira ser mais específico.
Identifique suas peças com sinais discretos. Alguns técnicos enganadores podem devolver outro equipamento dizendo que é do cliente e afirmando que há um defeito sem possibilidade de conserto. Se você fizer uma marca que identifique seu hardware de alguma forma, é menos provável que você seja enganado por assistências que querem ganhar algum dinheiro às suas custas. Se for possível, anote os números de série dos itens de hardware. Eles são únicos e se voltarem diferente, é porque alguém está tentando enganar o cliente.


Pesquise as assistências técnicas

O mercado de informática é gigantesco, assim como a oferta de assistências técnicas e lojas. Para não ter problemas, procure lojas conhecidas e de renome. Quanto mais clientes satisfeitos, maior a possibilidade de que você também ficará. Se você não se sentiu seguro a respeito de alguma assistência, procure alguém que a conheça e peça indicações. Não é recomendável entrar no primeiro lugar que você encontrar e já deixar a máquina lá.

Jamais autorize qualquer reparo antes de ter em mãos um orçamento detalhado relatando o problema

Quando for buscar o orçamento, leve alguém que conheça do assunto para que ele interprete as informações e os nomes estranhos que estarão escritos no papel. Tenha sempre em mente que em se tratando de computadores, nem sempre um orçamento muito barato significa uma vantagem. Componentes de alta tecnologia merecem que você coloque a mão um pouco mais no fundo do bolso.

Faça backup dos seus dados

Raramente as assistências técnicas garantem os dados contidos no seu disco rígido. Na verdade, a maioria faz questão de deixar bem claro que não se responsabiliza —e não dá a mínima — pelos dados contidos no HD. Apesar de isso ser uma afronta aos direitos do consumidor, é assim que acontece. Portanto, senhas, favoritos, fotos comprometedoras, dados bancários ou qualquer tipo de informação que você não pode perder ou não quer vagando por aí deve ser excluída da máquina quando você for levá-la ao técnico. Utilize pendrives para dados pessoais e grave CDs e DVDs com os arquivos maiores, como fotos, músicas, etc.Suspeite de técnicos que pedem manutenção de hardware quando você mandou o PC para uma limpa no HD. Não há razão para trocar um componente físico quando seu computador foi infectado por vírus, por exemplo. Vírus nada mais são do que programas com “más intenções”. O funcionamento deles geralmente provoca danos aos dados da máquina, não às peças dela.

Conservação


Dinheiro não cai do céu, economize o seu. Quanto menos você tiver que levar o seu computador ao técnico, melhor para o seu bolso. Portanto, siga estas orientações de conservação para prolongar a vida da sua máquina por mais tempo quanto for possível.

Não mantenha seu equipamento em locais muito quentes

Componentes eletrônicos adoram o frio, pois temperaturas menores os ajudam a trabalhar melhor. Altas temperaturas causam problemas sérios de hardware e podem fazer com que o PC fique instável ou até pare de funcionar totalmente, necessitando de troca de peças defeituosas. Se o seu computador esquenta demais, você pode estar exigindo muito dele, estar usando em um local muito quente, ou os dois.
Ambientes empoeirados também são grandes vilões para qualquer equipamento eletrônicos, mas principalmente computadores. Os técnicos costumam encontrar tanta poeira dentro do gabinete, que há até a formação de pedras. Deixe seu computador em um ambiente muito bem ventilado e, de preferência, não deixe o gabinete no chão, pois é lá que a poeira está. O melhor lugar para ele é em cima da mesa, em uma posição onde não fique com nenhum de seus lados bloqueados, para que ele “respire” sem dificuldade.
Pedir ajuda para os amigos é uma boa idéia. Todos nós temos amigos que entendem muito de computadores. Em caso de problemas, não custa nada ligar para aquele crânio da informática e perguntar a opinião dele sobre o que está acontecendo. Esse tipo de amigo às vezes até conhece uma boa assistência técnica para indicar. Seja objetivo, não há como seu amigo, ou qualquer outra pessoa saber o que está acontecendo se você disser que “o negocinho estava funcionando e de repente parou tudo”. Seja mais específico ao reportar um problema para que ele seja resolvido mais rápido.

Resolvendo por conta

Seguem algumas dicas simples que ajudaram a manter seu equipamento em dia e sem falhas:
Desinstalar programas não utilizados:

Para esta tarefa é recomendada certa cautela e escolha criteriosa a fim de evitar posteriores inconvenientes. Será necessário acessar, no Menu Iniciar, o “Painel de Controle”. Feito isso, entre em “Programas” e em “Alterar ou Remover um Programa”. Aqui são listados todos os programas instalados e são detalhadas informações sobre eles.

Verifique se há programas não usados e utilize a ferramenta de desinstalação. Não se esqueça de apagar as pastas dos programas desinstalados.

Limpeza de registros

Os Registros do Windows são constantemente atualizados e modificados, mesmo que você não saiba disso. Quando se instala um programa, as informações dele são adicionadas ao Registro. À medida que instalações são feitas, novas alterações ocorrem, porém, quando um programa é desinstalado, essas informações permanecem no Registro fazendo com que ele acumule dados desnecessários.
Essas entradas inválidas no Registro podem causar travamento e erros no computador, portanto é recomendado que se faça constantemente uma limpeza nos Registros para otimizar o desempenho e retirar informações inúteis.
Existem diversos programas para limpeza e otimização do registro(recomendo o Advanced SystemCare), além de programas de limpeza de disco rígido que também contam com uma ferramenta destinada ao registro, como o CCleaner.

Desfragmentação do sistema

Após muitas alterações, instalações e desinstalações feitas em seu computador, ele começa a ficar lento, pois o sistema demora muito tempo para encontrar o caminho dos programas em meio a tantos “restos” deixados entre eles. Quando isso acontece, é necessário fazer uma desfragmentação de disco, para que o sistema possa organizar seus arquivos.
Este é um procedimento simples, porém requer algum tempo com o computador parado para que seja realmente efetivo seu resultado. Caso você não disponha deste tempo, veja aqui como desfragmentar apenas alguns arquivos ou pastas do sistema.
Um programa muito bom para te ajudar nisso é o Auslogics Disk Defrag, sendo muito mais eficiente que o desfragmentador que acompanha o proprio windows!

Instalar e manter atualizados antivírus, firewall e anti-spyware

Cuidado com as pragas virtuais! Nem é preciso comentar que à medida que a internet evoluiu, juntamente as “pragas virtuais” acabaram por se propagar com mais facilidade. Hoje, todo internauta sabe que precisa se proteger contra vírus, trojans, worms, spywares e outras formas de acesso indesejado que podem acabar em uma grande dor de cabeça.

Códigos mal intencionados e esse tipo de ameaça podem danificar, travar, causar comportamento inadequado de programas ou até mesmo consequências mais drásticas (como danos irreparáveis) ao computador. Para evitar este tipo de transtorno, tenha sempre bons antivírus, anti-spyware e firewall devidamente instalados e atualizados.
Bons software de proteção contra virus como o Avira Antivir, considerado o melhor entre os gratuitos, ou antivirus pagos como o G-Data garantem manter seu pc bem protegido.
Programas auxiliares anti malware como o “Spybot – Search & Destroy”, “Adware”, e firewalls como o Zone Alarm, Comodo firewall, ou o Outpost Firewall também podem ser instalados para garantir uma proteção extra.
Uma medida simples, porém efetiva, é sempre tomar cuidado ao abrir (ou executar) anexos de emails vindos de fontes desconhecidas.
Seguindo todas as dicas, você terá um pc limpo e rápido por muito mais tempo. Assim o seu bolso agradece!

Everton C. Silva é técnico de computadores há 15 anos

[email protected]

https://www.facebook.com/everton.csilva1?fref=ts


Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *