Filme “Velozes e furiosos 5″:Operação Rio” diverte e mostra carrões

0 0

Imagine um Brasil mais corrupto e mais violento que o da realidade, onde toda a polícia militar do Estado do Rio de Janeiro está nas mãos do traficante Hernan Reyes (o ator português João Almeida).Neste país, a polícia civil possui potentes Dodgers , de fazerem inveja aos veículos da vida real.

É neste cenário que Dom Toretto (Vin Diesel) e o ex-policial Brian O’ Conner (Paul Walker) reúnem um super-time para tirar todo o dinheiro do traficante Hernan. Não podemos deixar de falar da hilária dupla hispânica Tego e Rico, assim como as sacadas geniais do personagem Roman Pearce e a beleza de Mia e Gisele, que por sua vez usa seus notáveis dotes para ludibriar o antagonista da história.

Quem conhece o Rio de Janeiro achará absurdo ver o bairro do Leblon (um dos mais caros da cidade) ser retratado como uma favela onde bandidas contam dinheiro vestidas apenas com calcinhas ou uma Avenida Atlântica onde são disputadas rachas de automóveis com bandidos fortemente armados e mulheres com poucas roupas. Também não verá sentido na casa da policial Elena Neves em uma favela, porém no melhor estilo dos apartamentos de alto padrão cariocas. O marketing no filme também rola solto, com todos sempre tomando ou uma Brahma ou uma Antártica geladinha na favela.


Além disso, ainda estou tentando descobrir onde diabos há um deserto no meio do Brasil mostrado no filme, com um trem de passageiros (!) que também transporta carros caríssimos.
As soluções para os problemas da equipe liderada por Toretto para roubar o cofre do traficante Hernan são geniais, assim como a assombrosa facilidade em que os bandidos bonzinhos roubam carros pela cidade e disputam rachas ao som do funk com o refrão “Vai popozuda”, fugindo o tempo todo do agente federal norte-americano Lucas Hobbs. Os carros, é claro, são também as estrelas do filme, assim como as cenas de corrida completamente malucas no centro do Rio de Janeiro.
A atuação de João Almeida rouba a cena várias vezes, com seu inconfundível sotaque lusitano tentando soar brasileiro, mas que toma ares muito caricatos. Ainda assim, ele cumpre bem seu papel de bandido canastrão e que corrompe todos os policiais do estado. Certamente Sérgio Cabral não vai gostar disso, mas tudo bem.


Bem ou mal, o filme “Velozes e furiosos 5:Operação Rio” serve como uma bela propaganda para o Rio de Janeiro, com suas belíssimas paisagens. O único perigo reside no fato de que os gringos podem achar que vivemos em uma terra onde mulheres andam seminuas nas praias, as leis do trânsito não são respeitadas e os bandidos atacam a polícia em plena luz do dia. Espere aí. E não é?

 

Trailer:

{youtube}FCN-B8SZVlo{/youtube}

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.