Marco Aurélio pede à secretária de Justiça ajuda para transferência de militante do MST presa

0 0

O deputado estadual Marco Aurélio (PT) aproveitou a presença da secretária estadual de Justiça e Defesa da Cidadania, Eloisa de Sousa Arruda, em reunião da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (14), para pedir ajuda na transferência de uma militante do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) de Caçapava para São José dos Campos.

O pedido foi feito também pelo presidente da Comissão de Direitos Humanos, deputado Adriano Diogo (PT), que entregou um relatório sobre o caso de Mara Lucia Galvão, presa em Caçapava, com pedidos de entidades para que seja transferida para o regime semiaberto, em São José.

Mara Galvão é do assentamento Santa Rita, de São José, e segundo os grupos que trabalham em sua defesa, ela já havia sido condenada à prisão e o mandado estava para ser cumprido – era considerada foragida. Durante uma blitz de trânsito pela PM, ela foi abordada e presa. Ainda de acordo com o relato, Mara tem três filhos e estava trabalhando “para dar a devida função social ao lote que conquistou na luta”.

O pedido de transferência à secretária Eloisa Arruda foi um reforço, já que a Coordenadoria do Vale do Paraíba – órgão descentralizado da Secretaria de Segurança Pública – informou ao deputado Adriano Diogo que a transferência de Mara Galvão deve ocorrer esta semana.


Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.