Emoção marca lançamento da Frente Parlamentar pela Acessibilidade e Mobilidade Urbana

0 0

A execução do Hino Nacional Brasileiro em um teclado tocado com a boca e com o queixo pelo jovem Édson Vinícius Frias de Sousa, o Edsinho, de 19 anos, deu o tom da emoção que marcou o lançamento da Frente Parlamentar pela Acessibilidade e Mobilidade Urbana, de iniciativa do deputado estadual Marco Aurélio (PT).

O jovem Edsinho, morador do Jardim Pantanal, na zona leste de São Paulo – que possui uma patologia congênita que compromete o desenvolvimento de tronco e membros, permitindo apenas a movimentação da cabeça – foi um dos deficientes físicos que estiveram na tarde desta terça-feira (29), na Assembleia Legislativa, para o lançamento da frente. Além de abrir, Edsinho também encerrou o evento executando a música “Como é grande o meu amor por você”, de Roberto Carlos.

A cerimônia de lançamento da frente contou com a participação de cerca de 100 pessoas vindas de diversas cidades do Estado – Jacareí, São José dos Campos, Taubaté, Santa Branca, Caraguatatuba, Severínia, Ribeirão Pires, Olímpia, Osasco e São Paulo. Boa parte representa entidades que defendem os direitos da pessoa com deficiência.

A Frente Parlamentar pela Acessibilidade e Mobilidade Urbana é coordenada por Marco Aurélio e conta com o apoio de 24 deputados estaduais de diferentes partidos – PT, PV, PSOL, PMDB, PSB, PSDB e PPS.

Durante o evento, os representantes do poder público convidados para falar sobre acessibilidade e mobilidade urbana apresentaram um diagnóstico da questão em suas respectivas áreas – entre os exemplos estão falta de adaptação para pessoas com deficiência no transporte público, falta de acessibilidade em equipamentos públicos, como escolas, unidades de saúde e até mesmo em prédios como a própria Assembleia Legislativa. Vários casos de dificuldades foram relatados por deficientes físicos presentes.

A representante do governo federal falou sobre o que está sendo feito na área. O principal é o investimento do governo federal de R$ 7,6 bilhões voltado à inclusão e acessibilidade dentro do programa ‘Viver sem Limites’, lançado recentemente pela presidenta Dilma Rousseff (PT). Segundo o último censo do IBGE, o Brasil conta hoje com 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, e o objetivo do programa é promover a inclusão dessa parcela da população.

“O lançamento dessa frente aponta para os nossos desafios na questão da acessibilidade e mobilidade urbana. Com certeza muitas outras frentes terão que ser lançadas para adequar o Estado de São Paulo para aquilo que jamais ele deveria ter se afastado, de ser um espaço inclusivo e com oportunidade para todos”, afirmou Marco Aurélio.

Todo o evento teve a tradução para surdos feita pela professora de Libras (Língua Brasileira de Sinais) Carla Pereira, da Prefeitura de Jacareí.

 

Frente apresenta PEC para acessibilidade

em todas as escolas estaduais de SP

O lançamento da Frente Parlamentar pela Acessibilidade e Mobilidade Urbana, na tarde de terça-feira (29), ocorreu já com uma ação concreta: a apresentação de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) para que todas as escolas estaduais sejam dotadas de equipamentos de inclusão e acessibilidade.

A medida vale não só para as novas construções mas também para prédios existentes, que devem ser adaptados para atender alunos com algum tipo de deficiência, eliminando barreiras e obstáculos nos espaços e mobiliários.

Para que seja apresentada, a PEC precisa ter a adesão de um terço da Assembleia Legislativa, ou seja, 32 deputados, para ir à votação e passar a vigorar como emenda constitucional.

A PEC é de autoria do deputado estadual Marco Aurélio e contará com o apoio dos demais deputados que compõem a frente parlamentar.

 

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.