Jacareienses aproveitam fim de ano para compras em “queima de estoque”

0 0

Quando acaba o Natal começam as promoções conhecidas como “queima de estoque”, com as liquidações de produtos que não foram vendidos antes do dia 25 de dezembro.

Muitos jacareienses aproveitam essa epóca para efetuar as trocas de presentes que não serviram ou não agradaram.

A bancária Laís Rios garante que essa semana entre o Natal e o Ano Novo é a melhor para as compras. “Eles colocam os preços lá em baixo, querem vender tudo o que não conseguiram até o Natal”.

Já para o estudante Renan Tenório, é preciso cautela. “Não é que eu seja economista demais, mas prefiro esperar as promoções de queima de estoque, e mesmo assim pesquiso muito. Não compro na primeira loja”, garantiu

O Procon dá dicas para o consumidor se proteger de eventuais problemas nas tradicionais promoções do estoque de produtos não vendidos no Natal. As recomendações vão do planejamento do consumidor em suas compras, para que não acabe adquirindo produtos por impulso, à atenção com os seus direitos em caso de troca e com as opções de pagamento oferecidas pelo vendedor. “Antes de sair às compras de liquidação, reflita sobre o seu orçamento a fim de não sobrecarregá-lo.Evite comprar por impulso”, diz o orgão.

Para evitar que os gastos pesem no orçamento de 2012, o Procon aconselha que as compras sejam feitas à vista. Janeiro é o mês em que geralmente são pagos o IPVA, os custos de viagens de férias e as matrículas escolares. Desta forma, a entidade recomenda que os consumidores fiquem atentos e reflitam sobre a necessidade das compras em liquidação – que, apesar de apresentarem boas ofertas, acontecem em um período de gastos elevados para as famílias.

Veja outras dicas:

– Antes de comprar, verifique as ofertas antecipadamente por meio de folhetos publicitários e encartes, entre outros. O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor é obrigado a cumprir toda oferta de produtos que veicular;

– Evite fazer as compras de forma apressada. Não deixe de verificar o estado do produto, seu funcionamento e se o conteúdo confere com os dados apontados na embalagem. É importante checar se o manual é claro e se o certificado de garantia está devidamente preenchido;

– No caso de itens vendidos com pequenos defeitos, exija que a loja coloque detalhadamente na nota fiscal, recibo ou pedido os problemas apresentados. Para tais problemas, não há garantia;

– Mercadorias entregues posteriormente devem ser conferidas no momento do recebimento. Se houver alguma irregularidade, devolva o produto com especificação do problema na nota de entrega e entre em contato com o estabelecimento para solucionar a questão;

De qualquer forma, o Nossa Jacareí aconselha você, nosso leitor, a sempre consumir em nossa cidade, gastar em lojas que pagam imposto, investem em Jacareí.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.