Deputados do Vale gastam R$ 101 mil em combustível, em 2011

0 0

Os deputados estaduais Marco Aurélio (PT), Afonso Lobato (PV) e Hélio Nishimoto (PSDB) consumiram juntos, entre março e novembro do ano passado combustível suficiente para um carro percorrer 467.8544 quilômetros, mais do que a distância entre a Terra e a Lua, que é de 384.400 km.

O valor gasto em combustível chega à R$ 101.367, 51. O deputado estadual jacareiense Marco Aurélio utilizou R$ 12,8 mil no período, com a gasolina do carro oficial. Afonso Lobato é o campeão nesta despesa, com gastos de R$ 59,1 mil. Já o joseense Hélio Nishimoto teve uma despesa de R$ 29,3 mil em combustível.

 

Com a despesa dos três, seria possível realizar 2.411 viagens de ida e volta entre São José dos Campos e a capital paulista.

Já em impressão de material, em gráficas, o jacareiense gastou R$ 18,5 mil, enquanto Afonso liderou novamente as despesas com as mesmas, ao utilizar R$ 27, 7 mil e Nishimoto, R$ 23,3 mil.

Todas os gastos são citados na prestação de contas de cada um dos três deputados, que têm direito a uma verba mensal para custear as despesasde seus gabinetes.

Os parlamentares afirmam que os gastos são enxutos e que são necessários para visitar as cidades da região. Sobre os gastos com material gráfico, Marco Aurélio afirma que panfletos foram confeccionados para distribuição nas audiências sobre a criação da Região Metropolitana do Vale e Litoral.

Com a verba indenizatória, por mês cada parlamentar pode gastar até R$ 21,8 mil em gastos com divulgação de atividade, combustível, aluguel de escritório regional, serviços postais, telefonia e outros. Todas as despesas devem ser justificadas e exibidas no site da Assembleia.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.