Cuidados nutricionais para a prevenção da gripe A H1N1

0 0

A gripe A H1N1 vem assombrando o mundo nos últimos meses, e agora, também no Brasil, o número de pessoas infectadas com o vírus aumenta a cada dia.

Além dos cuidados gerais de higiene e contato, uma boa alimentação, para fortalecer o sistema imunológico são fundamentais na prevenção da doença.

O sistema imunológico fortalecido, através da alimentação adequada, ativa células naturais de defesa (neutrófilos e linfócitos T e B) que destroem invasores como vírus e bactérias. As células T, controlam inúmeras atividades imunológicas e produzem duas substâncias químicas chamadas interferon e interleucina, essenciais ao combate de infecções.

Seguem abaixo algumas dicas nutricionais que estimulam a ação do sistema imunológico e pontencializam seu funcionamento:

1- Primeiramente mantenha-se muito hidratado. Aumente a ingestão de líquidos durante todo o dia (em especial a água e chás)para umidecer as vias aéreas (o vírus se prolifera mais rapidamente em ambientes secos).

2- Aumente o consumo de alimentos ricos em vitamina A(betacaroteno), são eles: frutas e vegetais alaranjados e verde-escuro (cenoura; abóbora; laranja; mamão; damasco; espinafre; couve; manga; caqui; acelga; almeirão e outros).Também é encontrada na gema de ovo e no fígado de boi.

3- Consuma alimentos fontes de vitamina C (ácido ascórbico) ao longo do dia para uma melhor oferta e absorção do nutriente, estimulando a formação de anticorpos para combater o vírus da gripe. As fontes são: Acerola; laranja; abacaxi; limão; goiaba; morango; tomate; açaí; mexirica, etc.

4- A vitamina D e E melhoram a imunidade aumentando agentes antimicrobianos no organismo. Suas fontes são: Abacate; oleagenosas (castanhas, nozes, amêndoas, avelã), óleos vegetais (canola, girassol, azeites de oliva, linhaça, macadâmia, etc), ovo, fígado de boi.

5- O zinco é um mineral fundamental na otimização do sistema imune. As sementes de gergelim e abóbora, bem como as oleagenosas (castanhas, nozes, amêndoas, avelã), as leguminosas (grão-de-bico, feijão, lentilha, ervilha), o ovo, o fígado de boi, entre outros, são boas fontes deste nutriente.

6- Evite o consumo de leite, pois é um alimento alergênico, que aumenta a produção de muco e causa saturação e sensibilização metabólica (gatilho para inflamação e queda do sistema imunológico).

7- Evite o consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas(carnes vermelhas, embutidos),e produtos industrializados ricos em corantes e conservantes, pois deprimem o sistema imunológico.

8- Aumente o consumo de alimentos ricos em fitoquímicos (flavonóides,resveratrol,polifenóis,etc), que inibem processos de oxidação e pró-inflamação, melhorando a resposta imunológica. Entre eles estão: alho; pimenta Cambuci, chocolate 70% cacau, vinho tinto, brócolis. Entre os temperos com atividade antiinflamatória e imunomoduladora temos: cúrcuma(açafrão) , páprica e páprica – doce, tomilho, cravo-da-índia, coentro, orégano, curry. Os chás indicados são: chá verde e branco, chá de gengibre.

9- Aumente o consumo de alimentos fontes de ômega-3 (salmão, sardinha, atum, bacalhau, azeite de oliva extra-virgem, linhaça dourada, entre outros). Esse nutriente é fundamental no processo de detoxificação do organismo, diminuindo processos inflamatórios e oxidativos. É um potente aliado no fortalecimento do sistema imune.

10- A própolis na forma de extrato aquoso (em concentrações de 10-60%), é um fitoterápico que atua como agente de inibição e destruição contra vírus,fungos e bactérias devido aos princípios ativos de alguns de seus bioflavonóides. Ela modula a ação do sistema imunológico ativando a maturação dos linfócitos T e B.

 

O uso de suplementos nutricionais associados ao ajuste da dieta é sempre um grande potencializador do equilíbrio metabólico, porém, deve ser feito sob orientação de nutricionista ou médico.

Antonella Turci é cooperada da Ativia,

Nutricionista Clínica Funcional

CRN 3 10.994

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.