Santa Casa de Jacareí realiza captação de órgãos para transplante

0 0

A oportunidade de salvar vidas amenizou o sofrimento da família de Fátima Bicudo do Nascimento, 40 anos, que faleceu na última quarta-feira (27) na Santa Casa de Misericórdia de Jacareí, vítima de morte cerebral. Segundo o marido da paciente, Jaime do Nascimento, assim que foi constatada a morte, ele foi informado por médicos do hospital que teria a oportunidade de doar os órgãos. “Em nenhum momento eu hesitei, pois era a vontade dela”, afirmou.

Os órgãos da paciente — fígado, córneas e rins — foram encaminhados à Central de Transplante do Estado de São Paulo, de onde seguirão para a realização dos transplantes.
Em julho a Santa Casa de Misericórdia de Jacareí se tornou referência para a captação de órgãos para transplantes. A Santa Casa firmou um convênio com o Hospital Albert Eistein, de São Paulo, para o credenciamento no Programa de Captação de Órgãos do Estado de São Paulo.

Essa é a segunda vez que a equipe da Santa Casa realiza a captação de órgãos, desde que foi firmado o convênio. No mês passado foram captados rins de um homem de 55 anos que estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital e teve morte cerebral por causa de um acidente vascular cerebral.

Para a realização da captação dos órgãos, a Santa Casa de Jacareí conta com o suporte de uma comissão do Núcleo de Captação de Órgãos, que integra um projeto do Hospital Israelita Albert Einstein e a Central de Transplante do Estado de São Paulo. De acordo com o superintendente do hospital, Osvaldir Vieira da Silva, “a adesão ao projeto é de extrema importância para o município devido ao elevado valor ético, social e humanitário”.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.