Polícia Civil recupera R$ 35 mil da ação de golpe criminoso aos cofres públicos de Jacareí

0 0

O presidente da Câmara de Jacareí utilizou a Tribuna na sessão de quarta-feira (20) para informar o resgate de R$ 35 mil aos cofres públicos, resultado de procedimentos administrativos e judiciais adotados pelo Legislativo desde o desvio de mais de R$ 317 mil, ocasionado pela ação de golpe criminoso em 26 de setembro de 2018.

Em pouco mais de 10 minutos Abner de Madureira (PR) explicou todos os procedimentos administrativos e jurídicos que foram tomados desde a ciência do fato, horas depois do ocorrido. “Foi confeccionado Boletim de Ocorrência e protocolado manifestação escrita por parte dos servidores que tiveram contato com a ocorrência, assim como a contestação administrativa junto ao Banco Santander solicitando o ressarcimento do montante desviado”, disse o presidente.

No dia 3 de outubro do ano passado a Câmara recebeu visita do delegado seccional de Jacareí que ouviu informalmente os servidores e levou o computador que realizou as operações financeiras para estudos de perícia especializada. “A conclusão do processo de averiguação demonstrou que a invasão na conta da Câmara aconteceu através da violação do sistema de segurança do banco”, disse Abner.

Já em 4 de outubro foi instaurado processo de averiguação preliminar, concluído em 1º de novembro, com a apresentação de relatório que apontou falhas no sistema de segurança do banco para compartilhamento de dados financeiros na conta da Câmara. “Diante dos dados já apurados, em conjunto com informações da investigação da Polícia Civil, foi possível o resgate de R$ 35 mil aos cofres públicos”, afirmou.

Ofício – Na última sexta-feira (15) o presidente da Câmara encaminhou ofício ao delegado seccional de Jacareí, José Gonzaga Pereira da Silva, solicitando informações acerca do andamento das investigações, que seguem sob sigilo e responsabilidade da Delegacia Seccional de Jacareí.

No documento, recebido pela delegacia na última segunda-feira (18), Abner de Madureira pergunta se já foi concluída perícia no computador apreendido. “Tais informações são necessárias a vista do dever intrínseco de transparência com a coisa pública”, pontuou om presidente.

Resposta – O discurso do presidente na Tribuna da Câmara durante a sessão de quarta-feira também foi uma resposta ao pedido de informações, protocolado ao presidente da Câmara pelos vereadores Paulinho dos Condutores (PR) e Fernando da Ótica Original (PSC), a respeito das ações do Legislativo Municipal sobre o desvio do dinheiro público.

“Algum valor do montante foi recuperado? Foi instaurado procedimento de averiguação para apurar eventual participação e responsabilidade de funcionários”, questionaram.

Os autores ainda questionaram quais as responsabilidades funcionais apuradas e qual foi o resultado da investigação. “Quais os procedimentos de segurança adotados para se evitar que ocorram outros episódios de desfalques das contas bancárias desta Casa Legislativa”, indagaram.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.