Pais são detidos por abandono de bebê de 9 meses em comemoração do título do Corinthians

0 0

O caso aconteceu no fim da noite de domingo (21), na região central da cidade. De acordo com o boletim de ocorrência, um homem, que estava assistindo a comemoração de torcedores do Corinthians devido ao título do Campeonato Paulista, avistou a criança de nove meses com os pais. Segundo ele, os pais estavam alterados e próximos de pessoas que ingeriam bebida alcoólica.

Em depoimento à polícia, o denunciante disse ter notado que a criança passava de colo em colo enquanto que o pai, com um andar cambaleante, caiu no chão. Depois disso, a criança teria sido deixada no chão encostada em uma pilastra.
O denunciante afirmou que resolveu pegar a criança no colo, temendo pela sua integridade física. Após cerca de 50 minutos tentando acalmar e cuidando do bebê, ele encontrou um policial, que orientou que a criança fosse levada para a delegacia.

Ainda no boletim de ocorrência, o denunciante garantiu que encontrou com a mãe da criança novamente, avisando que levaria o bebê para a delegacia. Segundo testemunhas, apenas uma hora depois a mãe foi até ao departamento policial reivindicar a criança.

Os pais contaram à polícia que não deixaram a criança desassistida. A mãe informou que deixou a criança ir no colo do denunciante pois ele era conhecido de seu esposo. Já o pai afirmou que saiu um instante para buscar o carrinho de bebê, e quando voltou, encontrou sua companheira aos gritos, dizendo que sua filha havia sido levada.
No boletim de ocorrência, ambos assumiram o uso de bebida alcoólica, e o pai admitiu também o uso de maconha.

Uma conselheira tutelar foi chamada para avaliar a situação e ficou decidido que a criança seria levada temporariamente para os cuidados da avó materna. Pai e mãe, de 24 e 22 anos, ficaram detidos pelo crime de abandono de incapaz, com fiança estipulada em um salário mínimo.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.