Museu celebra Dia Internacional em roda de conversa com Magela Borbagatto

Compartilhe

O Museu de Antropologia do Vale do Paraíba participará da 17ª Semana Nacional de Museus, promovida de 13 a 19 maio em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio). Nessa edição, 1.114 instituições de cultura de todo o país oferecem ao público 3.222 eventos que vão desde mostras e oficinas, a visitas guiadas, debates e apresentações musicais. A programação da Semana Nacional de Museus é promovida todos os anos pelo Instituto Brasileiro de Museus – Ibram.
Com o tema Museus como Núcleos Culturais: o Futuro das Tradições, a 17ª Semana de Museus propõe um debate sobre o papel dos museus como centros emanadores e, igualmente, receptores de práticas, costumes e pensamentos de nossa cultura.
No dia 17 de maio (sexta-feira), às 19h, o Museu de Antropologia do Vale do Paraíba receberá o Mestre da Cultura Popular Brasileira/MinC 2013, Magela Borbagatto, com a roda de conversa ” A tradição de saber fazer com o barro” . As vagas para essa roda de conversa são limitadas (30 pessoas) e as inscrições estão sendo realizadas pelo telefone (12) 3952 5999.
Mestre – Magela recebeu em 2013 o prêmio de Mestre da Cultura Popular Brasileira – “Prêmio Culturas Populares – Edição 100 anos de Mazzaropi”, concedido pelo Ministério da Cultura como reconhecimento pela contribuição à cultura do País.
Magela Borbagatto é natural de Jacareí. O interesse pelas artes plásticas começou logo aos 12 anos, quando participou de uma mostra de artesanato popular em Santa Branca. “A partir deste primeiro contato fui me interessando pelo assunto e o lazer se tornou profissão”, diz o artista.
Autodidata, nesses 30 anos dedicados à cultura popular, Borbagatto especializou-se em cerâmica figurativa em figuras de barro, com destaque para as paulistinhas.
Trabalhou em projetos socioeducativos e socioculturais, deu palestras sobre a arte popular brasileira na Universidade Católica de Valparaíso – Chile, participou, e foi premiado em vários salões de Presépios dos estados de São Paulo e Paraná, tendo também participado na exposição de “Presépios do mundo todo”, em Paris – França.


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *