Com rodízio de alunos, aulas presenciais tem previsão pra voltar em setembro

O governador João Dória anunciou em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (24), que a previsão para a retomada das aulas presenciais em São Paulo será dia 8 setembro.
As escolas só poderão voltar a funcionar quando todas as cidades do estado estiverem há mais de 28 dias na fase amarela no plano de retomada da economia.

O retorno será dividido em 3 etapas e valem como recomendação para escolas estaduais, municipais, particulares, ensinos superiores e cursos complementares.

“O plano foi construído levando em consideração o estado da pandemia em São Paulo e também os exemplos internacionais. Quero agradecer o esforço de pais, mães, avós, vizinhos, amigos que estão fazendo de tudo para acompanhar o ensino”, disse Doria.

Segundo o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, que participou da coletiva por vídeoconferência, será feito um rodízio de alunos e as aulas presenciais serão combinadas com o ensino à distância (EAD).

Além disso, a retomada seguirá protocolos de distanciamento obrigatório entre pessoas de 1,5m; organização dos horários de entrada e saída dos alunos para evitar aglomerações, preferencialmente fora dos horários de pico do transporte público; intervalos e recreios com revezamento de turmas em horários alternados; atividades de educação física com distanciamento e preferencialmente ao ar livre.

Fases do plano

Etapa 1: A partir de 8 de setembro. Com 100% dos Departamentos Regionais de Saúde por 2 ciclos (28 dias) na fase 3. Até 35% da capacidade;

Etapa 2: 60% dos Departamentos Regionais de Saúde por 1 ciclo (14 dias) na fase 4. Até 70% da capacidade;

Etapa 3: 80% dos Departamentos Regionais de Saúde por ciclo (14 dias) na fase 4. Até 100% da capacidade.

3 15
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
83 %
Surprise
Surprise
17 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *