Unidade de Retaguarda de Jacareí tem obra finalizada e está pronta para atendimento

0 0

Compondo o plano de ação de prevenção e combate ao novo Coronavírus (COVID-19), em Jacareí, as reformas e adequações do prédio que sediará a Unidade de Retaguarda do município foram finalizadas. A unidade, localizada no Jardim Flórida, será um centro de recuperação para os pacientes diagnosticados com a COVID-19, atuando no tratamento de casos sem gravidade, mas que precisam de acompanhamento médico.

A estrutura inicial conta com 10 leitos intermediários, equipados para um atendimento especializado aos munícipes. Desses leitos, três estão preparados com suportes ventilatórios para atender pacientes com dificuldade respiratória. Além disso, há duas ambulâncias e um aparelho de Raio-X. Caso a demanda de atendimento aumente, o espaço tem capacidade imediata de instalação para até 40 leitos.

Vale ressaltar que a finalização da Unidade de Retaguarda foi postergada pelo fato de a demanda do tratamento dos casos de COVID-19 estar, até o momento, suprida pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade e no Hospital Regional. Até esta terça-feira (2), ainda não houve necessidade de encaminhamento de pacientes para o novo local.

A secretária de Saúde, Dra. Rosana Gravena, pontua que a nova unidade de atendimento vem para somar com o plano de ação ao combate e prevenção da Covid-19 em Jacareí. “Desde o início, adaptamos todo o nosso sistema de saúde pública para retardar o crescimento da contaminação do vírus na cidade e para atender os pacientes diagnosticados com a doença. As estruturas criadas estão atendendo a nossa atual demanda e a Unidade de Retaguarda vem para oferecer um atendimento ainda mais especializado para casos não tão graves, principalmente para os pacientes que já têm um histórico de doenças crônicas”, conclui.

Fluxograma de atendimento – A porta principal de atendimento para os pacientes com suspeita ou confirmação do novo Coronavírus (COVID-19) é a Unidade de Pronto Atendimento Dr. Thelmo de Almeida Cruz. Os casos mais sérios, que precisarão de observação médica, serão internados na própria UPA.

Os casos com sintomas leves serão orientados para o isolamento domiciliar. Já os casos sem gravidade, mas que precisarão de acompanhamento médico, serão encaminhados para a Unidade de Retaguarda.

Os pacientes com necessidade de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) serão direcionados para a Santa Casa, Hospital São Francisco, Hospital Regional e atendimento via sistema CROSS (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde do Governo do Estado de São Paulo).

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.