Grupo cria mapa ilustrado do Viveiro Municipal de Jacareí

5 0

Muita gente nem imagina que a cerca de um quilômetro do Centro de Jacareí, uma das principais cidades da RMVale, existe uma importante reserva ambiental, que abriga diversas espécies de frutíferas nativas, além de vários tipos de animais e nascentes que ajudam no abastecimento do Rio Paraíba do Sul!

Toda essa riqueza, no coração da cidade, tem um nome: Viveiro Municipal Seu Moura. Localizado na Estrada Teófilo Teodoro Resende, 39, bairro Campo Grande, além de ser uma reserva ecológica, o Viveiro também é um atrativo turístico e espaço para contemplação. Mas será que a população tem ideia do valor que esse patrimônio público representa para a cidade e região?

Com a proposta de divulgar e chamar a atenção para a importância da preservação do Viveiro Municipal Seu Moura, o grupo Invento Coletivo criou um mapa infográfico, cujas ilustrações foram feitas pelo artista plástico Raico Rafael, fundador do Coletivo e idealizador do projeto. Em cada detalhe do desenho, Raico expressa um contexto de significados, que auxilia o público a compreender as riquezas deste lugar trazendo informações e reflexões, além de apresentar espécies nativas como jacarandá, aroeira, cambará, cedro rosa, entre outras. E animais como caxinguelê, inhambu, pica-paus.

Intitulado “Ponto Verde no Mapa”, o projeto é beneficiado pela LIC (Lei de Incentivo à Cultura) da Fundação Cultural de Jacarehy “José Maria de Abreu”, com incentivo da empresa Suzano, que desde 2005 apoia, por meio da renúncia fiscal, a realização de projetos da LIC em Jacareí.

O projeto prevê a impressão de 1500 mapas em formato A1 (894 X 841), que serão distribuídos, gratuitamente, a partir de 18 de fevereiro nos seguintes pontos da cidade: Centro de Memória (rua Alfredo Schürig, 300 – Centro, das 9h às 16h), no MAV – Museu de Antropologia do Vale do Paraíba (rua Quinze de Novembro, 143 – Centro das 11h às 15h) e no Viveiro Municipal de Jacareí “Seu Moura” (Estrada Teófilo Teodoro Resende, 39, Campo Grande de segunda / quinta-feira das 14h às 17h).

Além de impresso, o Mapa tem versão digital. As ilustrações são acompanhadas de legendas com nomes e breves históricos. Mas para quem quiser se aprofundar, o Mapa apresenta links e QR Codes direcionado a documentos que oferecem mais detalhes sobre as citações, assim como propostas de interação com o público como uma galeria de arte aberta e uma playlist de sons do Viveiro.

Para a criação do Mapa, o Invento Coletivo utilizou metodologias de trabalhos de mapeamentos participativos e da cartografia social para envolver a comunidade no processo de construção do traçado, gerando instrumentos de defesa de seus direitos.
Neste sentido, todo o processo de pesquisa, planejamento e validação deste projeto teve como base o cruzamento de informações trazidas pela comunidade e de dados coletados por meio do geoprocessamento.

“Foi a partir de pesquisas, entrevistas e enquetes populares, que iniciamos o processo de georreferenciamento de pontos no local, utilizando plataformas como Wikiloc, para a marcação de pontos de interesse, trilhas e perímetros no local”, explica a artista plástica Debora Pimentel, integrante do Invento Coletivo.

O maior desafio do grupo para a realização do projeto Ponto Verde no Mapa foi reunir e sistematizar os dados e informações. “Ao longo de sua história, o Viveiro passou por diferentes administrações, inicialmente, gerido pelo Estado e, depois, pelo Município, o que dificultou o acesso a documentos oficiais que registram sua trajetória”, pontua Pimentel.

O Ponto Verde no Mapa do Viveiro é a continuidade de uma proposta que começou há 10 anos, sobre a iconografia de Jacareí e sua identidade. Em 2011, os artistas do Invento Coletivo mapearam e exploraram os diversos temas que a cidade oferece, produzindo os primeiros cartazes que retratam Jacareí com o projeto “Cenas Transeuntes”. Em 2015, com o projeto “FOGOS RASTROS E FOLIAS” foram distribuídos 1500 mapas ilustrados de Jacareí em formato A0, que indica pontos turísticos, festas religiosas, manifestações culturais e mestres do saber (pessoas que mantêm vivas tradições da cultura popular da cidade).
Em 2017, o grupo lançou o livro “Invento Compilado” com cerca de 320 ilustrações sobre manifestações culturais de Jacareí.

Happy
Happy
7 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
79 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
14 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *