Startup de Jacareí é selecionada para processo de aceleração de empresa multinacional

1 0

A startup de Jacareí, Bioreset, que está em processo de incubação no Programa ‘Inova Jacareí’ e com sede no Centro de Inovação e Empreendedorismo (CIEJ), foi uma das 10 selecionadas em meio a mais de 100 projetos nacionais e internacionais, para fazer parte de um processo de aceleração de empresas ‘Braskem Labs Ignition’.

Idealizado pela Braskem – multinacional e líder no mercado de plástico no país –, o programa escolheu 10 projetos do Brasil e do Chile para participarem de um laboratório durante cinco meses. Nesse período, as empresas selecionadas participarão de encontros com especialistas, mentorias, além da possibilidade de exposição de mercado e networking com representantes de diversas empresas.

Bioreset

Instalada no Centro de Inovação de Jacareí desde o fim de 2020, a Bioreset é uma startup de biotecnologia, que desenvolve um material substituto ao plástico comum, mas de composição orgânica, 100% biodegradável em ambiente natural e totalmente seguro para o meio ambiente.

Esse polímero, produzido pela startup de Jacareí, pode substituir o plástico na indústria de embalagens, descartáveis e itens pessoais de uso diário, como óculos de sol, por exemplo. Enquanto o plástico comum leva 400 anos para se decompor, o polímero leva, em média, de seis meses a um ano, podendo ter sua vida útil estendida com formulações, sem perder a sua biodegradabilidade após o uso.

Parceria de Sucesso                                        

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Jacareí, Luís Fernando Massari, é motivo de orgulho ver uma startup incubada na cidade, desde a inauguração do Centro de Inovação e Empreendedorismo, alçando voos maiores. Esse é o segundo programa de aceleração em que a Bioreset é aprovada, tendo participado da Aceleradora 100+, promovida pela Ambev, entre o fim de 2021 e o início de 2022.

“A Bioreset foi a primeira empresa a usar o nosso Espaço Maker, no CIEJ, que é próprio para a parte prática durante o processo de incubação, para desenvolver o produto. Por isso, eles são considerados nosso primeiro case de sucesso, auxiliados pelas equipes da SDE”, afirmou Massari.

Para os representantes da startup, como todo o início foi realizado durante o processo de incubação na cidade, o resultado é fruto de uma parceria que já dura cerca de dois anos. Ao todo, os proprietários já investiram cerca de R$ 1,5 milhões na empresa, e viram o quadro de funcionários passar de dois, para 10 colaboradores.

“Se não tivesse a estrutura fornecida pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, nada disso seria possível. Todo nosso desenvolvimento foi feito aqui, graças a esse suporte, seja com espaço, sem custos para aluguel, com cursos de qualificação, mentorias e demais auxílios”, comentou o CEO Fernando Piovesana.

Centro de Inovação

Em um formato moderno, o Inova Jacareí vem se destacando no cenário local como o lugar para que os empreendedores possam apresentar e desenvolver sua ideia de negócio ou projeto, principalmente aqueles que apresentam na sua essência, o viés de empreendedorismo e inovação. Desde sua criação, já passaram pelo Programa mais de 80 projetos e ideias de negócios, sendo que, atualmente, são 37 projetos residentes, sejam eles na pré-incubação ou em desenvolvimento.

O Inova está instalado em um condomínio empresarial de fácil acesso e com grande número de empresas, sendo um ambiente perfeito para promover a sinergia empresarial de negócios. O formato no modelo coworking promove uma interação entre os incubados, que ao entrarem no programa, contam com estação de trabalho, infraestrutura e internet, sem custos, além de receberem capacitação de gestão, em parcerias com entidades da sociedade civil, faculdades e empresas.

Os interessados em participar do Programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Jacareí, podem fazer a inscrição até o dia 30 de junho, por meio de um cadastro. Após preenchimento, os gestores do Centro de Inovação agendarão uma entrevista e, posteriormente, vão avaliar o projeto.

Caso aprovado, o empresário poderá usufruir do coworking e do Espaço Maker – de acordo com sua necessidade e a disponibilidade do espaço. O período de abrigo dos projetos pode variar de acordo com a área especificada. O edital completo está disponível no site da Prefeitura (nas páginas 7 e 8 do Boletim Oficial de 10/06/2020).

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
100 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.