Pela 10º no ano, Vettel vence na F1

0 0
Neste domingo foi realizado o Grande Prêmio da Coreia de Fórmula 1, no circuito de Yeongam. Pela 10º vez esse ano, o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, subiu ao lugar mais alto do pódio, seguido do inglês Lewis Hamilton, da McLaren, e de seu companheiro de Red Bull, o australiano Mark Webber. Com essa pódio, a Red Bull assegurou o título no mundial de construtores.

A corrida em si teve poucas emoções. Após uma largada agressiva, Vettel conseguiu superar o pole Hamilton ainda na 1º volta, e seguiu abrindo tranquilamente para mais tarde vencer a corrida. Na primeira metade da prova, destaque para o pega interno da equipe Ferrari, entre o espanhol Fernando Alonso e o brasileiro Felipe Massa. O brasileiro que era 4º segurou bem a pressão que seu companheiro de equipe fazia até a 1º rodada de pitstops quando um erro na parada o fez perder mais de 6 segundos nela, o jogando para o meio do pelotão. Alonso também teve problemas em sua primeira parada, mas não chegou e ficar 6 segundos nos boxes. Mesmo assim, ainda voltou atrás de Massa, e foi apenas na 2º parada de box que ele conseguiu superar o brasileiro.

O pega mais interessante ficou por parte do 2º colocado Hamilton e Webber, o 3º. Nas últimas 15 voltas do GP, Webber pressionou bastante o inglês, inclusive emparelhando com ele em algumas curvas, chegando a ultrapassar Hamilton 1 vez, mas levando o troco logo em seguida. Com essa disputa entre eles, Vettel abria 12 segundos de vantagem na liderança, mas a preocupação era com o inglês Jenson Button, da McLaren, que vinha forte em 4º e com Alonso em 5º. Nas últimas 7 voltas, os 4 carros estavam juntos na pista, mas como ninguém queria arriscar uma ultrapassagem mal feita e perder posições, os ânimos se esfriaram. Alonso chegou a falar via rádio para Ferrari que estava desistindo de tentar passar Button e os outros rivais próximos.

Apenas 3 carros abandonaram a prova: o russo Vitaly Petrov, da Renault, o alemão Michael Schumacher, da Mercedes, e o venezuelano Pastor Maldonado, da Williams. A única bandeira amarela da corrida com Safety Car foi devido a batida de Petrov em Schumacher na curva 3, onde quase o russo decola. Maldonado abandonou devido a problemas em seu carro.

Destaque para o espanhol Jaime Alguersuari, da Toro Rosso, que largou em 11º, fez uma bela corrida, chegando a ser 3º por algumas voltas. Após as 2 paradas nos boxes, o espanhol era 8º no final da corrida, logo atrás do alemão Nico Rosberg, da Mercedes. Com muita insistência, ele conseguiu superar o alemão e cruzar em 7º na bandeirada.

OS BRASILEIROS Felipe Massa guiou muito na Coreia, mas sua posição final pode ser considerada o normal em sua temporada: um 6º lugar, logo atrás de Alonso. Bruno Senna, da Renault, não foi bem dessa vez e ainda teve problemas com o desgaste de pneus, fechando apenas em 13º, logo atrás de Rubens Barrichello, da Williams.

O mundial de pilotos ficou da seguinte maneira após a etapa coreana:

 

  1. Sebastian Vettel ALE – 349

  2. Jenson Button ING – 222

  3. Fernando Alonso ESP – 212

  4. Mark Webber AUS – 209

  5. Lewis Hamilton ING – 196

  6. Felipe Massa BRA – 98

  7. Nico Rosberg ALE – 67

  8. Michael Schumacher ALE – 60

  9. Vitaly Petrov RUS – 36

  10. Nick Heidfeld ALE – 34

17.  Rubens Barrichello BRA – 4

18.  Bruno Senna BRA – 2

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.