Agora é guerra; Jacareí intensifica combate aos pernilongos

0 0

Jacareí  está intensificando as ações para combater o excesso de pernilongos na cidade. Várias medidas estão sendo tomadas em conjunto, envolvendo as secretarias de Saúde, de Infraestrutura e de Meio Ambiente, além do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), para reduzir os incômodos causados pelos pernilongos, principalmente em alguns pontos do município.

O objetivo do plano de ação é montar um cronograma, com um modelo de rotina de controle durante o ano todo, para que todo o município tenha um atendimento permanente de combate ao mosquito. Segundo o Departamento de Vigilância à Saúde, serão monitorados locais propícios à proliferação, como galerias de águas pluviais, bocas de lobo, galerias obstruídas sem manutenção, formação de bacias d’água e até casas abandonadas com piscinas.

A Secretaria de Infraestrutura vai atuar em pontos emergenciais, mais responsáveis pela multiplicação dos mosquitos, nos bairros Vila Ita e Jardim Emília, na rua Padre Eugênio e no Jardim Siesta, com máquinas do tipo “dragline” para a limpeza das galerias, eliminando as poças d’água. A intenção é manter limpos e desobstruir de imediato estes canais.

Já o SAAE recebeu, da Secretaria de Saúde, bisnagas com larvicidas granuladas, para os poços de visita (tampões) nas tubulações com registro, que são criadouros de mosquitos, devido à água da chuva. Profissionais do SAAE vão percorrer pontos e abrir estes poços e aplicar o produto nos pontos de urgência.

A Secretaria de Meio Ambiente vai intensificar o trabalho na manutenção das praças, que não podem ter mato e entulho, e áreas abandonadas para que a água não fique empoçada. O trabalho será fortalecido nos pontos de maior concentração de mosquitos, sendo estendido a todas as praças.

A Secretaria de Saúde continua com a atenção redobrada para acompanhar e monitorar todas estas medidas, dentro do plano municipal de controle de mosquito urbano. O monitoramento está sendo feito diariamente – além de ter sido dobrado o efetivo de funcionários do departamento de Vigilância à Saúde, foram adquiridos novos equipamentos e produtos.

A Vigilância explica ainda que o grande número de pernilongos nesta época do ano se deve a uma conjunção de diversos fatores de natureza ambiental, que ocorrem todos de uma só vez, sempre que acontece um período de secas.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.