PanAmericano disfarçou doações para campanha de Lula, diz jornal

0 0

O banco PanAmericano doou R$ 500 mil para campanha do ex-presidente Lula, em dezembro de 2006, usando empresas dos antigos dirigentes para disfarçar a origem da contribuição, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a reportagem, publicada neste domingo (6), Rafael Palladino, ex-presidente do PanAmericano (banco então do Grupo Silvio Santos), e mais cinco ex-diretores  utilizaram suas empresas para fazer as doações. Na ocasião, Lula já estava reeleito, mas o PT saiu com um prejuízo de quase R$ 10 milhões.

A origem das doações só foi descoberta, segundo o jornal, após o BTG Pactual iniciar uma varredura contábil em março deste ano.

Na última segunda, Palladino foi indiciado pela Polícia Federal (PF) no inquérito que investiga rombo de R$ 4,3 bilhões na instituição.

Ainda segundo as investigações, os executivos do PanAmericano tentaram de tudo, incluindo tráfico de influência e corrupção, para conquistar apoio de políticos aos negócios do banco e melhorar a saúde financeira da instituição.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.