Trabalhadores da Sadefem permanecem em vigília na fábrica

0 0

Os trabalhadores da Sadefem de Jacareí continuam em vigília dentro da fábrica pelo pagamento de salários e direitos atrasados. Uma nova assembleia acontece nesta quarta-feira, dia 12, às 8h, na porta da empresa, para discutir os rumos da mobilização. Estão sendo convocados à assembleia os trabalhadores da ativa, em licença remunerada e os demitidos.

A produção na fábrica está parada desde o início da vigília, iniciada no dia 5, e até agora a empresa não se manifestou a respeito das dívidas com os trabalhadores.

Estão atrasados os salários deste mês, que deveriam ter sido pagos no dia 5, o vale do mês passado, PLR, 13º salário, depósito de INSS e FGTS, vale-alimentação e as verbas rescisórias dos demitidos. Ao todo, a Sadefem deve R$ 92 milhões aos trabalhadores.

Na tentativa de intimidar o movimento, a empresa mandou cortar o fornecimento de água, o serviço de refeição e chamou a polícia. Desde o início do ano, a Sadefem vem atrasando o pagamento de salários e direitos e descumprindo acordos assinados com o Sindicato.

Apesar da demanda crescente de pedidos, a Sadefem vem manifestando a intenção de fechar a unidade de Jacareí e transferir a produção para Charqueado (RS). Na última semana, a empresa tentou retirar máquinas e equipamentos do local, mas os trabalhadores em vigília impediram.

“A atitude da Sadefem é um desrespeito. Trabalhamos duro na fábrica há anos e exigimos nossos direitos. Não vamos sair daqui enquanto a empresa não pagar o que nos deve”, afirma o diretor do Sindicato Nilson Ferreira Leite.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.