Hospital São Francisco começa a cobrar taxa de estacionamento e revolta pacientes

0 0

Quem foi ao Hospital São Francisco na manhã de hoje (2) se deparou com uma desagradável surpresa. O hospital agora está cobrando uma taxa de estacionamento. O fato causou revolta em pacientes e familiares. “Tem gente de baixa renda que vem de carona com o vizinho e nem tem dinheiro para um lanche, agora eles querem cobrar estacionamento? É lamentável”, disse Fernando Quintanilha, que também questionou a legalidade da cobrança : “O hospital é público e filantrópico, portanto essa cobrança não pode acontecer”.

Outra pega de surpresa, Elizabeth Mendes disse não aceitar a cobrança. “Trouxe um parente aqui e vou ter que pagar pelo estacionamento? É uma vergonha, prefiro parar o carro na rua e já vou sugerir ao meu sobrinho que troque de convênio.

Questionada pelo NJ sobre a cobrança, Mara Liberato, administradora da instituição afirmou que: “São muitas as razões que nos fizeram terceirizar o estacionamento: a instituição tem arcado com despesas de roubos, danos por batidas, equipes de guardas nas portarias, sem ter condições para isso, sem contar as melhorias que precisavam ser feitas, inclusive o seguro do estacionamento, e que não estavam ao alcance do hospital. Outra queixa freqüente dos usuários era a falta de vagas para estacionar; com a terceirização, a rotatividade será maior, podendo contar ainda com manobristas. Tivemos o cuidado de reservar 15 minutos de tolerância para embarque e desembarque de pacientes. É importante ressaltar que a terceirização vai ajudar a diminuir as despesas com as portarias, mas que mesmo assim não cobrirá totalmente os gastos do hospital nesta área”.

Sobre o questionamento da legalidade da cobrança Mara disse: “Não há impedimento para a cobrança. Só esclarecendo: o hospital não é público, é privado de caráter filantrópico, e atende pacientes do SUS”.


Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.