Jacareí realiza ações de prevenção ao coronavírus

0 0

Um assunto sério de saúde pública vem preocupando a população mundial desde o final de 2019: o coronavírus, que se trata de uma família de vírus que causa infecções respiratórias. O novo agente, causador da doença coronavírus (COVID-19), foi descoberto em dezembro do último ano, após casos registrados na China. Atualmente, trata-se de uma pandemia, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Até a tarde desta quarta-feira, 11 de março, o Brasil registra 52 casos confirmados, 876 suspeitos e 1.042 casos descartados. Em Jacareí não foi registrada nenhuma suspeita ou confirmação. No entanto, com o objetivo de conscientizar a população sobre a prevenção ao coronavírus, a Prefeitura de Jacareí, por meio da Diretoria de Vigilância à Saúde (DVS), vem realizando ações informativas.

Em janeiro, a DVS elaborou um Plano de Enfrentamento do Novo Coronavírus. Em fevereiro, foram realizadas capacitações com as equipes da Assistência Básica, Urgências e Emergências, o desenvolvimento de um formulário de notificação e a organização do fluxo de amostras coletadas para exames.

Além de orientação e informações para a população, nesta última terça-feira (10), os profissionais da rede municipal de ensino de Jacareí estiveram presentes no auditório da Secretaria de Saúde para ouvirem uma palestra sobre o assunto, ministrada pelo Diretor da Vigilância à Saúde, Ricardo Buchaul. “A essência do trabalho da Diretoria de Vigilância é a sensibilização das ações preventivas. E o comportamento assertivo de cada um é o maior aliado no controle de uma epidemia”, pontuou ele.

DEFINIÇÃO DE CASOS – Ainda de acordo com Ricardo Buchaul, é necessário que a população tenha conhecimento do que realmente pode vir a ser um caso suspeito de coronavírus, “para que não seja criado alardes falsos e para que as notícias falsas não sejam propagadas”.

Um caso suspeito se caracteriza pelo critério clínico somado ao critério epidemiológico. E existem duas situações para esse diagnóstico. A primeira é o paciente apresentar febre e problemas respiratórios (tosse e dificuldade para respirar), e ter realizado algum tipo de viagem para as áreas com transmissão local quatorze dias antes dos sintomas históricos. O outro caso são os sintomas de febre ou problemas respiratórios, mais o contato próximo com algum caso confirmado ou suspeito da doença, também quatorze dias antes da aparição dos sintomas.

PREVENÇÃO – Com foco na prevenção ao coronavírus, a DVS de Jacareí reforça algumas orientações básicas para serem realizadas no dia a dia. São elas: evitar locais sem muita circulação de ar e com aglomeração de pessoas, lavar as mãos frequentemente, desinfetar o celular frequentemente, fazer uso de lenço de papel ao espirrar ou tossir, evitar proximidade de pessoas com sintomas de gripe (tosse, espirros…), e procurar, imediatamente, assistência médica em casos de sintomas como febre, tosse e dificuldades respiratórias.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *