Justiça suspende reajuste de tarifas de ônibus em Jacareí até o fim da pandemia

A juíza Rosangela de Cassia Pires Monteiro, da Vara da Fazenda Pública de Jacareí, suspendeu o processo de reajuste das passagens de ônibus do município até o final da pandemia de Covid-19, sob pena de multa de R$ 10 mil.
A prefeitura de Jacareí abriu consulta pública em 9 de abril para, a pedido JTU, definir aumento da tarifa de ônibus na cidade. A empresa afirmou que as medidas restritivas à circulação de pessoas na cidade afetaram seu planejamento econômico. A Defensoria Pública do Estado de São Paulo promoveu ação civil pública contra a medida.
Na decisão, a magistrada pontuou que, no cenário atual, a deflagração do processo revisional de tarifa de ônibus no município é inoportuna e que a formação do Conselho de Mobilidade Urbana, órgão colegiado que poderia legitimar a participação popular no processo revisional, está suspensa, o que compromete o princípio democrático da decisão. “Isto porque audiências públicas, conforme exigido na inicial, restarão inviabilizadas diante dos Decretos Estadual e Municipal que determinam o distanciamento social e vedam reuniões e aglomerações de pessoas”, afirmou.
A juíza também lembrou que a recomendação de isolamento social à população para prevenção da Covid-19 pode ter comprometido o acesso dos mais carentes aos meios de comunicação e informação, obstaculizando acesso a consulta lançada no site da prefeitura de Jacareí. Até o momento desta publicação, a prefeitura ainda não havia informado se irá recorrer da decisão.
4 1
Happy
Happy
100 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleppy
Sleppy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close