Interatividade

0 0

De acordo com Szeto (1997), o computador é uma ferramenta interativa por exigir do usuário atitudes que determinem o próximo passo, seja emumjogo, configurando umsistemaoperacionalou na Web. Ao contrário do que possa parecer, a interatividade é umprocessorelativamentesimples envolvendo estímulos e respostas, porémcom o crescimento da Web, a sofisticação dos navegadores e das tecnologiaspara a criação de experiências interativas, a interatividade vem evidenciando umprocessomaisrico no relacionamento homem x computador. Ferramentas de criaçãomultimídia tornaram possível a criação de aplicativosfuncionais combinando texto, imagens, som e vídeo.

SonnerFoltran afirma que a Interação é a alma da internet. É ela que permite o usuário a “navegar”.

Uma experiênciainterativa deve ser planejada respeitando-se o cenárioemque se insere. Na Internetum dos participantes da comunicação é o usuáriofinal, o outroé uma manifestação de idéias, previsões, escolhas e estímulos, sendo que intermediando esse relacionamento está o computador e suainterface. As opções guiam o usuário a umobjetivo e o usuário determina o resultado, porémmuitosprojetos têm se limitado a ummodelosimples de interaçãobaseadoemumretorno de uma consulta.

 

Uma formamais interessante de proporcionar interatividade é estabelecer uma comunicaçãocom o usuárioquelhetragainformações esperadas, de formainesperada. Tendo emvista os objetivos, o públicoalvo e as informações e conteúdo do site, o desafio do designer é encontrar as soluções apropriadas paraestimularumtipo de atividadeque se mostre pormeio de descobertas. De acordocomButterick (1997), é importanteque se tenha consciência de que a interatividade deve sersutil e não se sobrepor às informações pretendidas representando uma barreirapara o usuário.

Não importa qual o tipo de site, ele será interativo. A interatividade existe porque o site é uma experiênciabaseada no usuário. Porém a interatividade não é exclusividade da Web.

Simplificando, a interatividade é umtipo de relaçãoestímulo x respostacomumserhumanoemum dos lados e sendo assim, tantoumcomputador, quantoumcarroou uma máquina de refrigerantes podem serinterativos.

Basicamente, o primeirocontato do usuáriocom a interatividade emumsite se faz pormeio da interface, que é a mediação visual e lógicaentre o usuário e a informação. A primeiravezque o usuáriovisitaumsite, é a melhoroportunidade de definirsuasexpectativaspara a experiênciaque será oferecida. Aondeele pode ir, o que pode fazer,comoele pode participar. Suaexperiência será baseada naquilo quelhe for proposto. É precisodeixarclaro o que se está oferecendo, quaisusuários se desejaatrair e acima de tudoqual o valor da informaçãopara o usuário.

Marcos Nahr vai além, quando define que a interação é o papel da interface, ela é responsável pela troca entre o sistema e o usuário e sem a interface não há interação

Uma arquiteturainterativa envolve estratégias de marketing, o editorial, a fundamentação de umprojeto e tecnologias. A tecnologia é ummeioparaumfim, não é apenasalgoque intervém no processo de distribuição do conteúdoporumpequenotempoantesqueele chegue noconsumidor. É precisoque se determine como a tecnologia pode atuarcomoparte da experiênciacompleta do site e como o usointeligente da tecnologia pode reforçar o conteúdo e suamarca. Quantomais às tecnologias se encaixarem no conceito de umsite, mais úteis e eficazeselasserão. Casos não se encaixem melhornão utilizá-las. Esta idéia é reforçada por Marcos Nahr, quando ele afirma que: “Um site não é criado para atender á um recurso, e sim o recurso é utilizado para atender um objetivo que se tem com o site. Não se deve abrir mão de, por exemplo, acessibilidade em função do uso de algum recurso ou tecnologia.”

Uma experiênciainterativa é medidapelaqualidade e quantidade de interatividade que proporciona. Na Web, uma interatividade bem sucedida é o resultado de uma perfeitacombinaçãoentreforma e função. Interatividade refere-se a graus de liberdade e a uma falsa sensação de controle. Umsiteinterativo deve evocar participação criando condiçõesparaque o usuário execute açõesou uma seqüência de tarefas que o levem a um fim.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *