Silêncio da Cetesb faz vereadora Lucimar acionar governador de São Paulo

0 0

Em mais uma tentativa para resolver os problemas causados pelo mato do terreno na Avenida Santos Dumont, no Jardim Liberdade, a vereadora Lucimar Ponciano (PSDB) protocolou, na 33ª Sessão Ordinária da Câmara, na última quarta-feira (23), requerimento pedindo providências diretamente ao governador do Estado de São Paulo, João Dória.

A parlamentar tomou essa decisão, após não ter recebido, ainda, respostas aos dois pedidos feitos anteriormente à Cetesb – Companhia Ambiental de São Paulo.

APP – O terreno está abandonado, porém é tido como Área de Preservação Permanente – APP, cujo manejo da vegetação existente ali depende do consentimento da estatal.

Em agosto deste ano, Lucimar já encaminhou ao órgão um ofício relatando as condições do lugar. De acordo com o documento, a qualificação da área como sendo de preservação, provocou o desinteresse do proprietário na manutenção da área, tanto que não há muros, as árvores estão sem poda e o mato está alto.

Os moradores da região, por sua vez, também não fazem a limpeza do terreno, pois temem mexer em uma área de proteção ambiental.

A vizinhança reclama que o problema se arrasta há anos e o terreno tem servido de refúgio para criminosos cometerem atos obscenos e ilícitos, representando um risco à segurança de todos.

“Não se pretende destruir ou cortar as árvores, remover a terra ou qualquer coisa do gênero que impeça ou dificulte a regeneração da vegetação”, explica Lucimar. “Se quer, apenas, cuidar do local”, completa.

 

 

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.